Home | Blogs | Foros | Registrate | Consultas | Viernes 15 de diciembre de 2017
Usuario   Clave     Olvidé mi clave
     
Ir a la página de inicioIr a los Blogs
Mi Perfil
VERA SILVA
vera silva
Braga - Portugal
amo-me...nos bons e maus momentos...a melhor amiga de mim, por vezes dificil de compreender, dificil de aceder, mas sempre presente, sempre a esforçar-se para não falhar. sou a mulher que está sempre lá, a suportar a ajudar e que assiste às respostas mais inimagináveis... sempre aqui a estudar o ser humano que tantas vezes nos deixa mal, e tantas outras nos faz tão feliz... licenciada em Psicologia a frequentar mestrado em Psicologia Clínica. uma amiga, com a vantagem de o ser em que momento for.
Archivo de entradas | Mostrar datosDesplegar
Ocultar datos Octubre 2008
erro de criação (conception error...)
contentor de vida....
ser mulher! (para todas as grandes mulheres)
amámos demais...
Entrá a Radio La Quebrada

Últimos comentarios de este Blog

30/05/10 | 17:38: Francisco Vidal dice:
Com tinta de praia e sal um verso na margem gravado e o mar por testemunha.. um beijo Vera
18/10/08 | 10:33: eva ( Blog 1 Mujer Descalza) dice:
Vera: Bemvinda companheira de voos, acabo de conhecer a sua obra, e gostei muito dos poemas que alavancan a situacao da mulher , adorei sua mirada feminina e humana na questao do genero, e ainda temos nos preconceitos das mesmas mulheres, aquela coisa de que se nao tem homem a mulher nao existe. Eva
18/10/08 | 08:15: Marisa (Vagalumen) dice:
¡Qué placer y qué sorpresa agradable encontrarte , Vera! Con cuánto gusto he leído tu bellísimo poema en esa deliciosa lengua que amo y que es mi segundo idioma. Espero que sigas deleitándonos con tu creatividad , "Mulher sempre presente", y bienvenida!!!!! Marisa
Vínculos
El Rubio El Rubio


El asistente o ladero de una personalidad relevante del mundo del hampa nos cuenta en primera per... Ampliar

Comprar$ 55.00

Entrá a Radio La Quebrada

VERA SILVA


este blog será para o cantinho onde finalmente poderei colocar toda aquela vontade que me faz levantar a meio da noite e ficar as voltas pela casa com desejo de escrever algo para alguém... espero que gostem.


Escribí un comentarioEscribí tu comentario Enviá este artículoEnvialo a un amigo Votá este artículoVotá este texto CompartirCompartir Texto al 100% Aumentar texto

erro de criação (conception error...)



erro de criação (conception error...)

Concentração máxima no objecto desconhecido,

O medo inutilmente tapado de mostrar que ainda me choca saber de ti

Mentiras que digo sem esconder a verdade

Verdades que digo cobertas de mentira

Fui eu que te enviei, dispensei,

Escondo-me, mesmo sendo autora de tal obra

Devia conhecê-la, explicá-la, prevê-la...

Obra imprevisível, surpreendente, sábia,

Superadora do seu criador,

Surpreendeste-me com uma inimaginável falta de pudor...

Criei-te assim tão arrasadora?

Que avassalas com tanta ironia a tua própria autora...

Irónica, deformada, excessiva minha obra

Criei-te, eu mesma, assim sem ferramenta, totalmente ausente...

Criei-te descompensada, mal criada,

Parecendo forte, mas toda ela impotente.

Vera Silva

 

 


Calificación:  Votar Aún no han votado este texto  - Ingresá tu voto

Comentarios de nuestros lectores - Escribí tu comentario
30/05/10 | 17:38: Francisco Vidal dice:
Com tinta de praia e sal um verso na margem gravado e o mar por testemunha.. um beijo Vera
preludionumero1@hotmail.com
 
Últimas entradas del mes


Radio La Quebrada Radio de Tango Indexarte Escribirte OccidentesEscuchanos
Noticias | Efemérides | Novedades | Ventas | Biografias | Textos | Audio | Recomendados | Entrevistas | Informes | Agenda | Concursos | Editoriales | Lugares | Actividades | Blogs | Foros | TiendaFundación | Letras de Tango I | Letras de Tango II | Contacto | Boletín
© 2006-2017- www.escribirte.com | Todos los derechos reservados   | Diseño Web | Canales RSSRSS