Home | Blogs | Foros | Registrate | Consultas | Jueves 17 de agosto de 2017
Usuario   Clave     Olvidé mi clave
     
Ir a la página de inicioIr a los Blogs
Mi Perfil
VERA SILVA
vera silva
Braga - Portugal
amo-me...nos bons e maus momentos...a melhor amiga de mim, por vezes dificil de compreender, dificil de aceder, mas sempre presente, sempre a esforçar-se para não falhar. sou a mulher que está sempre lá, a suportar a ajudar e que assiste às respostas mais inimagináveis... sempre aqui a estudar o ser humano que tantas vezes nos deixa mal, e tantas outras nos faz tão feliz... licenciada em Psicologia a frequentar mestrado em Psicologia Clínica. uma amiga, com a vantagem de o ser em que momento for.
Archivo de entradas | Mostrar datosDesplegar
Ocultar datos Octubre 2008
erro de criação (conception error...)
contentor de vida....
ser mulher! (para todas as grandes mulheres)
amámos demais...
Publique su taller

Últimos comentarios de este Blog

30/05/10 | 17:38: Francisco Vidal dice:
Com tinta de praia e sal um verso na margem gravado e o mar por testemunha.. um beijo Vera
18/10/08 | 10:33: eva ( Blog 1 Mujer Descalza) dice:
Vera: Bemvinda companheira de voos, acabo de conhecer a sua obra, e gostei muito dos poemas que alavancan a situacao da mulher , adorei sua mirada feminina e humana na questao do genero, e ainda temos nos preconceitos das mesmas mulheres, aquela coisa de que se nao tem homem a mulher nao existe. Eva
18/10/08 | 08:15: Marisa (Vagalumen) dice:
¡Qué placer y qué sorpresa agradable encontrarte , Vera! Con cuánto gusto he leído tu bellísimo poema en esa deliciosa lengua que amo y que es mi segundo idioma. Espero que sigas deleitándonos con tu creatividad , "Mulher sempre presente", y bienvenida!!!!! Marisa
Vínculos
Cartas de Doña Rosa Cartas de Doña Rosa
Argentina, un espacio para hacer

La autora se desliza a lo largo de estas páginas atravesando una notable diversidad de tem... Ampliar

Comprar$ 30.00

Escuchá Radio De Tango

VERA SILVA


este blog será para o cantinho onde finalmente poderei colocar toda aquela vontade que me faz levantar a meio da noite e ficar as voltas pela casa com desejo de escrever algo para alguém... espero que gostem.


Escribí un comentarioEscribí tu comentario Enviá este artículoEnvialo a un amigo Votá este artículoVotá este texto CompartirCompartir Texto al 100% Aumentar texto

erro de criação (conception error...)



erro de criação (conception error...)

Concentração máxima no objecto desconhecido,

O medo inutilmente tapado de mostrar que ainda me choca saber de ti

Mentiras que digo sem esconder a verdade

Verdades que digo cobertas de mentira

Fui eu que te enviei, dispensei,

Escondo-me, mesmo sendo autora de tal obra

Devia conhecê-la, explicá-la, prevê-la...

Obra imprevisível, surpreendente, sábia,

Superadora do seu criador,

Surpreendeste-me com uma inimaginável falta de pudor...

Criei-te assim tão arrasadora?

Que avassalas com tanta ironia a tua própria autora...

Irónica, deformada, excessiva minha obra

Criei-te, eu mesma, assim sem ferramenta, totalmente ausente...

Criei-te descompensada, mal criada,

Parecendo forte, mas toda ela impotente.

Vera Silva

 

 


Calificación:  Votar Aún no han votado este texto  - Ingresá tu voto

Comentarios de nuestros lectores - Escribí tu comentario
30/05/10 | 17:38: Francisco Vidal dice:
Com tinta de praia e sal um verso na margem gravado e o mar por testemunha.. um beijo Vera
preludionumero1@hotmail.com
 
Últimas entradas del mes


Radio La Quebrada Radio de Tango Indexarte Escribirte OccidentesEscuchanos
Noticias | Efemérides | Novedades | Ventas | Biografias | Textos | Audio | Recomendados | Entrevistas | Informes | Agenda | Concursos | Editoriales | Lugares | Actividades | Blogs | Foros | TiendaFundación | Letras de Tango I | Letras de Tango II | Contacto | Boletín
© 2006-2017- www.escribirte.com | Todos los derechos reservados   | Diseño Web | Canales RSSRSS